Banco Central dos Estados Unidos libera acesso de até US$60 bilhões para o Brasil combater o Coronavirus

0
140


O Federal Reserve – Banco Central dos Estados Unidos – abriu as torneiras nesta quinta-feira, 19, para que bancos centrais em nove países tenham acesso a dólares na expectativa de impedir que a epidemia de Coronavirus cause uma crise econômica global, prevendo até 60 bilhões de dólares para o Brasil.

O Federal Reserve disse ainda que o banco central americano aceitará outras moedas como garantia em troca de dólares, permitirão pelo menos nos próximos seis meses que os Bancos Centrais de Austrália, Brasil, Coreia do Sul, México, Singapura, Suécia, Dinamarca, Noruega e Nova Zelândia acessem um total combinado de até 450 bilhões de dólares, dinheiro que vai garantir que o sistema financeiro dependente de dólares continue a funcionar.

Os novos instrumentos vão garantir o fornecimento de liquidez de até 60 bilhões de dólares cada para os Bancos Centrais de Austrália, Brasil, Coreia, México, Singapura e Suécia.

Os outros Bancos Centrais terão acesso a 30 bilhões de dólares cada.

Alguns países acima receberam linhas de swap durante a crise de 2007 a 2009, e o Federal Reserve tem acordos permanentes de swap com os Bancos Centrais do Canadá, da Inglaterra, do Japão, com o Banco Central Europeu e o da Suíça.


Facebook Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui